“E as portas do inferno não prevalecerão contra ela” Mt 16:18

 

Jesus o dono da igreja a projetou para funcionar em dois ambientes diferentes. Ao ler o Novo Testamento encontramos a Igreja sendo instituídas nas casas, ou seja, em pequenos grupos onde o pastoreio acontecia de modo genuíno e, no templo onde os crentes se reuniam para as celebrações. Vejamos:

No templo – é quando todos estão juntos. Chamamos de celebração. É maravilhoso experimentarmos a força, a unção e a beleza de todo corpo junto. Neste momento, cultuamos junto a Deus, onde a música, o louvor, a adoração, o júbilo, a oração e a pregação da palavra nos fazem viver a grandeza de um Deus sobrenatural.

“Então te darei graças na grande congregação; entre muitíssimo povo te louvarei” Salmos 35:18

Nas células – os primeiros cristãos tinham que se reunir no templo e também nas casas para compartilhar o pão, a oração, o louvores e os ensinos bíblicos. (At.2:46)
● As células acontecem nas casas, escolas, fábricas, e em qualquer outro local possível.

● Elas são grupos de 12 a 15 pessoas que se reúnem uma vez por semana, para compartilhar de testemunhos, orações e louvores.

● Ali, as pessoas encontram tempo para um cuidado pastoral mais personalizado, cuidam uns dos outros e ajudam a falarem de Jesus aos que ainda não o conhecem.

● Numa célula há mais liberdade de compartilhar suas experiências, necessidades e opiniões, além dos líderes que são capacitados para orar por suas petições.
“Diariamente perseveravam unânimes no templo, partiam o pão de casa em casa e tomavam suas refeições com alegria e singeleza de coração.” At 2:46.